Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘graffiti’

Hoje vi pela primeira vez o videoclip de uma música que sempre que passava na rádio me ficava no ouvido. Espanto meu que quando vi o videoclip o associei logo a uma técnica que já tinha visto algures. A técnica de que falo é a animação de Blu que elabora arte em movimento. Isto é, faz um primeiro desenho e tira uma fotografia, apaga-o e faz um segundo como se fosse sequência do primeira e tira de novo uma fotografia e assim sucessivamente, fazendo assim uma experiência em stop-motion. Por ter adorado o trabalho deste artista elaborei vários posts quando vi o seu trabalho. E, com a visualização deste videoclip achei oportuno o mostrar para fazer, mais uma vez, referência a uma técnica espectacular e que adoro. O vídeo está muito bem elaborado em termos técnicos e gosto muito da forma como juntaram a técnica à temática e à própria letra da música. A acrescentar a isto tudo, vem a música, que tem uma melodia bastante agradável, na minha opinião. Desfrutem!

Trabalhos do BLU:

Links de posts anteriores acerca do trabalho do BLU:

https://anaramalho.wordpress.com/2010/02/10/blu-arte-em-movimento/

https://anaramalho.wordpress.com/2010/02/10/blu-arte-em-movimento-videos/

Anúncios

Read Full Post »

David Choe é um artista que admiro bastante tanto pela sua arte como pela sua maneira de interpretar a vida e as situações. Basicamente ele é um artista que gosta de experimentar tudo o que a arte lhe oferece e quando bem lhe apetece. Já experimentou desde o desenho a passar pela pintura, escultura, fotografia, graffiti e vídeo. Estive a ver todos os trabalhos dele e os que mais gosto e que vos vou mostrar é uma mistura de graffiticom acrílico (pintura) e desenho. Ainda assim, os outros trabalhos não ficam àquem e têm bastante qualidade! Poderão ver tudo isso no seu site oficial: http://www.davidchoe.com/

David Choe .

David Choe .

Aqui ficam os que, para mim, são os melhores trabalhos:

Read Full Post »

Olá, tenho andado um pouco desaparecida mas com tanto trabalho que tem surgido tem sido impossível passar por cá. Como nunca abordei o tema “graffiti” será um dos temas que falarei.

O Grafite (do italiano graffiti, plural de graffito) é o nome dado às inscrições feitas em paredes, desde o Império Romano. Considera-se grafite uma inscrição caligrafada ou a um desenho pintado ou gravado sobre um suporte que não é normalmente previsto para esta finalidade.Por muito tempo foi visto como um assunto irrelevante ou como uma mera contravenção, actualmente o grafite já é considerado como forma de expressão incluída no âmbito das artes visuais, mais especificamente, da street art ou arte urbana – em que o artista aproveita os espaços públicos, criando uma linguagem intencional para interferir na cidade.

A partir do movimento contra-cultural de maio de 1968, quando os muros de Paris foram suporte para inscrições de caráter poético-político, a prática do grafite generalizou-se pelo mundo, em diferentes contextos, tipos e estilos, que vão do simples rabisco ou de tags repetidas, como uma espécie de demarcação de território, até grandes murais executados em espaços especialmente designados para tal, ganhando status de verdadeiras obras de arte. Os grafites podem também estar associados a diferentes movimentos e tribos urbanas, como o hip-hop, e a variados graus de transgressão. 

Dentre os grafiteiros, talvez o mais célebre seja Jean-Michel Basquiat, que, no final dos anos 1970, despertou a atenção da imprensa nova-iorquina, sobretudo pelas mensagens poéticas que deixava nas paredes dos prédios abandonados de Manhattan.  Posteriormente Basquiat ganhou o rótulo de neo-expressionista e foi reconhecido como um dos mais significativos artistas do final do séc. XX.

alguns trabalhos de artistas variados, que gostei:

(fontes: wikipedia; http://www.marcofolio.net/photoshop/graffiti_art_to_boost_your_inspiration.html)

Read Full Post »