Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Desenho’

Hoje vi pela primeira vez o videoclip de uma música que sempre que passava na rádio me ficava no ouvido. Espanto meu que quando vi o videoclip o associei logo a uma técnica que já tinha visto algures. A técnica de que falo é a animação de Blu que elabora arte em movimento. Isto é, faz um primeiro desenho e tira uma fotografia, apaga-o e faz um segundo como se fosse sequência do primeira e tira de novo uma fotografia e assim sucessivamente, fazendo assim uma experiência em stop-motion. Por ter adorado o trabalho deste artista elaborei vários posts quando vi o seu trabalho. E, com a visualização deste videoclip achei oportuno o mostrar para fazer, mais uma vez, referência a uma técnica espectacular e que adoro. O vídeo está muito bem elaborado em termos técnicos e gosto muito da forma como juntaram a técnica à temática e à própria letra da música. A acrescentar a isto tudo, vem a música, que tem uma melodia bastante agradável, na minha opinião. Desfrutem!

Trabalhos do BLU:

Links de posts anteriores acerca do trabalho do BLU:

https://anaramalho.wordpress.com/2010/02/10/blu-arte-em-movimento/

https://anaramalho.wordpress.com/2010/02/10/blu-arte-em-movimento-videos/

Anúncios

Read Full Post »

Ninguém consegue ficar indiferente ao trabalho hiper-realista que o artista Armin Mersmann elabora. Encontrei o seu trabalho no deviantart e é impressionante a quantidade de pormenores e a qualidade das suas obras! Para impressionar ainda mais, além da dificuldade dos seus trabalhos ainda os faz em grandes dimensões que fazem com que sejam desenhos ainda mais demorados e que dão muitíssimo trabalho. Para que possam conhecê-lo um pouco melhor e saibam um pouco mais do seu trabalho, encontrei um artigo interessante no deviantart que vou o irei postar aqui:

“Quando eu estava na escola de arte, o meu objetivo era fazer da arte o meu emprego. Eu pensei que seria maravilhoso levantar-me de manhã e só pintar e desenhar. No começo eu ganhava dinheiro, ensinando e trabalhando em lojas de molduras. Devido a isso, comecei logo a receber muitas encomendas de retratos, em primeiro lugar apenas aqui em Michigan e, em seguida, em Chicago. Assim, a minha esposa e eu fizemos as nossas malas e mudamo-nos para Chicago. Em Chicago trabalhei numa agência de retratos muito exclusiva representada por mim. Comecei a fazer muito dinheiro, e nos dois anos seguintes nunca fiquei sem trabalho, mas eu era muito infeliz!

Eu tinha muito pouco no lado criativo. Tive que sair dali, disse à agência de retratos de Chicago que eu não estava mais disponível e logo de seguida, consegui um emprego numa loja de artigos de arte. À noite comecei a trabalhar na minha arte de novo, todas as noites pintei, o entusiasmo estava de volta!  Fiz menos dinheiro mas estava muito feliz. Agora sou o director de uma pequena escola de arte, em Michigan e o meu trabalho ainda está crescendo e a excitação não diminuiu. Vendo o meu trabalho muito bem  mas sob os meus termos. Nunca quero perder a liberdade artística. A arte é tão preciosa e eu quase a perdi.”
Armin Mersmann

E porque há imagens que falam por si mesmas, vou-vos deixar com alguns dos seus trabalhos, espero que gostem!

http://nimra.deviantart.com/

Read Full Post »

James Mylne é um artista que trabalha apenas com canetas bic e que faz magníficas obras de arte. Em todos os seus trabalhos é notável imensos pormenores e um realismo quase fotográfico. Trago-vos hoje este artista porque me identifico bastante com realismo e, devido à qualidade dos seus trabalhos, merece que lhe dedique um espaço no meu blog. Espero que gostem!

http://www.jamesmylne.co.uk/

Read Full Post »

Kelly Smith elabora ilustrações em que aplica as seguintes técnicas: tinta, grafite e colagens. Os trabalhos dela são simples, femininos e muito bonitos. Maioritariamente ela faz trabalhos de retratos e moda, inclusivamente modelos de passerele ou apenas peças de roupa. Gostei muito dos trabalhos dela pela sua simplicidade e beleza. E espero que também vocês gostem, aqui fica:

Read Full Post »

Nanami Cowdroy nasceu em Sydney, Austrália, e estabelece estreitos vínculos com a cultura japonesa e europeia. Estas são as maiores influências para os seus trabalhos.
A maioria dos seus trabalhos entrelaça personagens complexas e altamente detalhadas com objectos, agrupados por justaposição de forma a criar ambientes.

Nos seus trabalhos utiliza canetas de tinta, o que, pela observação dos seus trabalhos, percebemos que exige uma grande técnica e sabedoria. As criaturas aguadas e os peixes vermelhos são as suas temáticas favoritas.

Em todas as suas obras, “tatua” o seu nome quase como se fosse um carimbo a vermelho e na sua língua materna, o japonês.

Adoro os seus trabalhos tanto pela técnica, como pela criatividade, temática e pelo contraste entre a complexidade e, ao mesmo tempo, simplicidade.

Aqui podem ver alguns dos seus trabalhos:

Read Full Post »

Como o tema da aula de hoje de oficina de multimédia foram os flipbooks e como acho imensa piada a este projecto, decidi fazer uma investigação acerca de trabalhos realizados nesta área. Com essa pesquisa, pude inclusive tirar algumas ideias para o nosso trabalho de casa que será, exactamente, um flipbook. Espero que gostem dos vários exemplos que vou postar.

Read Full Post »

Devido a termos andado a desenvolver um projecto audio, andei a pesquisar mais algumas coisas acerca disso e encontrei uns vídeos muito bons. Estes abordam o stop-motion e juntam o desenho à animação sempre de mão dada com o som, elaborando vídeos muito criativos. Por gostar da maneira como utilizam as imagens associadas ao som, fazem com que sejam grandes referências para o meu trabalho. Espero que gostem.

Read Full Post »

Older Posts »